Menu

        JUKEBOX WEB RADIO

Venom - 22/10/2017 - CARIOCA CLUB

16 NOV 2017
16 de Novembro de 2017

Venom - o nome já fala por si só. Os pioneiros do som que veio a ser chamado de Black Metal,  possivelmente a primeira banda a usar o pentagrama invertido, a cabeça de bode e outros símbolos profanos como forma de provocação e que não se apresentava no Brasil há um bom tempo. O clima era de ansiedade e não poderia ser diferente.

 

Pontualmente, Cronos, Dante e La Rage subiram ao palco e começaram um set-list de peso. “Long Haired Punks” e “The Death of Rock ’n’ Roll” ambas do From the Very Depths (2015) foram as primeiras pauladas da noite.

 

Mas a noite parecia ter começado mesmo quando eles tocaram o primeiro clássico: “Bloodlust”.  Nesse ponto já tinha dado pra entender que a banda iria mesclar algumas músicas mais recentes com os clássicos. E foi assim que fizeram como uma sequência de “Pedal to the Metal”, “Grinding Teeth” “Buried Alive” e “Pandemonium”.

 

Cronos, frontman da banda, se comunicava pouco com o público, mas nem precisava. A impressão é que a banda não queria perder um único minuto da apresentação com conversas do tipo “vocês são a melhor plateia que já tivemos…”.

 

“Welcome to Hell” e “Countless Bathory” fizeram o público cantar os refrães a plenos pulmões! “Warhead” e “Rise” encerraram a primeira parte do show de um público que parecia já estar mais do que satisfeito.

 

Após um rápido intervalo, a banda voltou com os clássicos absolutos “Black Metal” e “Witching Hour”, encerrando um ótimo show.

 

Com uma hora cravada de apresentação o Venom mostrou a fórmula para mais de 30 anos de sucesso: saber intercalar músicas novas e clássicos. Tudo bem, pessoalmente eu senti falta de músicas como “One Thousand Days in Sodom” e “In League With Satan”, mas, ao mesmo tempo, é gostoso ouvir músicas novas tão boas quanto as antigas.

 

Que o Venom não demore tanto para voltar ao Brasil.

 

Lucas Gervilla

 

Agradecimento: Mike William/Solid Music 

Voltar
Tenha você também a sua rádio