Menu

        JUKEBOX WEB RADIO

Pavement e os 25 anos de Slanted and Enchanted o álbum mais tosco que os indies se orgulham de gostar

21 ABR 2017
21 de Abril de 2017

Poucos álbuns (em especial as estréias) mostram tal magnífica escrita de canções e pensamentos estimulantes como são vistos neste álbum.

Slanted and Enchanted mostra que a simplicidade foi uma coisa que o mundo Indie já se orgulhou

Leia qualquer resenha sobre o disco e  você vai ver a palavra "lo-fi", provavelmente mais de uma vez. Mas até mesmo esta descrição fica aquém de realmente descrever este álbum com precisão.

Ao ouvir o álbum pela primeira vez lá em 92, você seria perdoado por pensar que era uma demo, gravada em casa e usando fita cassete barata. E de fato esta era a verdade, sim, o álbum foi gravado no home-studio do ex-hippy e baterista na época Gary Young e feito assim, com pouco equipamento ou experiência e com um orçamento muito apertado.

Embora isto não soe particularmente atraente no início, especificamente para os ouvidos acostumados, de alguns velhos indie kids ghosts, este é um daqueles muitos aspectos de Slanted and Enchanted que o torna tão mágico.

A produção minimalista dá ao ouvinte uma afinidade com a banda, a que eu tive por exemplo, porque sabendo que as músicas não estão em dívida com o som ou a visão de um produtor, ou manchadas por uma superprodução computadorizada, dá uma sensação mais precisa do que era gravar este álbum , Uma impressão quase do que teria sentido como se estivesse lá no momento.

Devido a isso, este trabalho do Pavement teve muitas comparações ao de The Fall - especificamente seus primeiros lançamentos. Ambos os grupos abraçam um som cru, não polido.  Uma que parece acolher a dissonância e procura dar ao ouvinte imediatismo ao processo de gravação.

E esta não é apenas a opinião dos críticos de música. Os líderes de Pavement e The Fall (Stephen Malkmus e Mark E Smith, respectivamente) reconheceram a semelhança aparente, a primeira por meio de seu bem documentado amor e devoção ao grupo pós-punk de Mark e a segunda por uma descrição menos simpática de Mark  dizendo,  "é apenas The Fall em 1985, não é? Eles não têm uma idéia original em suas cabeças." Heheheh.

 

As letras estranhas e a simplicidade musical inspirada no Outono elevam o ouvinte . E o que faz de Slanted and Enchanted um álbum realmente grande (e não apenas um bom álbum) é a qualidade das músicas e só.

Summer Babe pra você


Nilson Paes

Voltar
Tenha também o seu site. É grátis!